sexta-feira, 27 de abril de 2012

Cultura e sociedade


Podemos definir cultura como sendo um conjunto de características humanas adquiridas pela convivência com determinado grupo de pessoas,que se preservam ou se aprimoram com o passar do tempo entre os indivíduos.
Desde já é necessário desmistificar a ideia de que cultura está associada à natureza ou constituição biológica, uma vez que, estas não são determinantes nas diferenças culturais. O comportamento do indivíduo é resultado de um aprendizado, que lhe foi passado pelas pessoas com quem convive, ou seja, o que define o modo de vida de uma pessoa é a educação que recebe.
Ao falar em cultura devemos salientaro etnocentrismo queé uma visão do mundo onde o nosso próprio grupo é tomado como centro de tudo e todos os outros são pensados e sentidos através dos nossos valores, nossos modelos, nossas definições do que é a existência.  Ou melhor, temos dificuldade de aceitar culturas diferentes, pois estamos adaptados com um padrão de vida e muitas vezes isso gera um medo ou até uma hostilidade para com o que é novo.
A cultura pode ser classificada em Material ou imaterial, real ou ideal. Cultura material consiste em coisas materiais aqueles que podemos ver e tocar tais como instrumentos, artefatos; abrange produtos concretos, construções, etc. Já a cultura imaterial refere-se a elementos intangíveis da cultura, que não têm substância material. Entre eles encontram-se crenças, conhecimentos, hábitos, valores e etc. Cultura real é aquela em quetodos os membros de uma sociedade praticam ou pensam em suas atividades cotidianas. Já acultura ideal é um conjunto de comportamentos expressos verbalmente como bons, para o grupo, mas nem sempre são frequentemente praticados.

Trocas culturais


Ate o século XIX, as relações culturais ocorriam entre grupos próximos, com poucos contatos externos. Só eram transmitidas oralmente e por meio de livros.
Já no inicio do século XX, cresceu a possibilidade de trocas culturais, por causa do desenvolvimento dos meios de transporte, correios, radio, cinema. As pessoas passaram a ter contato com culturas diferentes,
Com o desenvolvimento da tecnologia, ficou ainda mais fácil o acesso a essas trocas, e os contatos individuais e sociais passaram a ter não um, mas vários pontos de origem, que em tal quantidade não se sabe mais a origem delas.
As concepções de cultura estão presentes no nosso dia a dia, marcando sempre uma diferença bastante clara entre as pessoas, seja no sentido mais elitista, seja no sentido de identificação com algum grupo especifico, seja em relação à possibilidade de consumir bens culturais. 

Vende-se cultura


video







Embora muitos desconheçam seu verdadeiro significado, cultura é a expressão de uma ideologia. Assim como Cazuza todos querem uma ideologia para viver, sabendo disso há quem queira aproveitar-se dessa necessidade e fazer com que ela gere lucro, afinal pode-se dizer que vivemos em um mundo capitalista. A este fato damos o nome de indústria cultural.
Nesse contexto toda forma de arte é tida apenas como mercadoria, dá aos seus admiradores o que eles querem, obedecendo à regra de mercado “oferta e procura”. A arte perde sua capacidade de fazer o público pensar, tornando-os acomodados e sem senso crítico.

Cultura Ideológica




A palavra ideologia tem diferentes significados, no sentido neutro, que é adotado pelo senso comum, ela é um conjunto de ideias de uma pessoa ou um grupo em relação a sociedade, pensamentos, política e etc; já para escritores como Karl Marx a ideologia é definida como instrumento de persuasão de um povo através da não exposição dos verdadeiros motivos ou fatos oque causa alienação. E é a esta última definição a que o post é voltado.
A ideologia está totalmente infiltrada na sociedade, e divide-a entre os que “pensam” e os que são alienados. Os que “pensam”são definidos como não alienados, ou seja, conhecem todas as tramas de pensamentos ideológicos que os  procura persuadir e não permite que elas a influenciem. Já os alienados não conhecem a ideologia e são influenciados pelos meios de comunicação de massa, pelo governo, escolas, entre outros.
Elementos como a música, jornais, sites são responsáveis pela desinformação, pois mascaram, escondem, distorcem informações, além de desviar a atenção para assuntos banais a fim de incentivar a população a estagnação do pensamento. Letras musicais, programas e livros com informações de fácil absorção são incentivadores a acomodação dos alienados o que torna mais fácil o trabalho da ideologia. Esse sucesso repentino das séries teens, de músicas que tratam de assuntos banais, entre mais alguns recursos fazem parte da ideologia que alimentaa massa brasileira.
Contudo, isso se resume na cultura ideológica, onde alguns alienam e outros são alienados. Os alienadores são geralmente incentivados por fatores econômicos, pela a busca de poder, pela politica e etc. Essa cultura está intimamente ligada a cultura de mercado pois também é muito voltada ao lucro.

Ideologia para Cazuza

 http://www.youtube.com/watch?v=yUYEkrBfDrA&feature=related

Com a canção, Cazuza diz buscar uma ideologia, sem perceber que naquela obra estava sendo escrita uma ideologia. A ideologia crítica, que o consagrou como um dos maiores compositores brasileiros de todos os tempos.